Autor: Claudio Roncatti

Boletim 171 / Cirurgia estética da cabeça

Tratamento das neurofibromatoses com laser co2

As neurofibromatoses são doenças progressivas que se intensificam com o passar do tempo, tendo como principal característica clínica os neurofibromas, tumores que imiscuem-se na derme e nos tecidos profundos de seus portadores como se dedos penetrando em de luvas, impossibilitando por parte do cirurgião a definição de plano cirúrgico entre o que deve e não ser ressecado, dificultando ou impossibilitando sua ressecção através de métodos tradicionais que incluem bisturis, bisturis elétricos ou tesouras, decretando um alto índice de recidiva das lesões operadas tornando seu prognóstico desanimador. (9;10;1113). Levando em conta que as características histo-químicas dessas lesões apontam para substrato rico na molécula de água, substância predileta dos LASErs de CO2 que tem ao menos 90% da quantidade total de seus raios absorvidos pela água, passamos a usar essas máquinas como instrumento de ablação da massa tumoral, através de ação direta em cirurgia a céu aberto. Relatamos neste artigo nossa experiência de dez anos com inúmeros casos operados, sendo 16 de neurofibromas plexiformes difusos, todos sem recidiva até o momento

Leia mais