Autor: Fernanda Viterbo

Boletim 163 / Estudos experimentais

Força tênsil de diferentes tipos de fio de sutura. Estudo em ratos.

Introdução: Os fios de sutura são fundamentais na prática cirúrgica e há grande diversidade de materiais com os quais são produzidos. Objetivo: Avaliar a força tênsil dos fios de sutura Vicryl (poliglactina 910), Vicryl Rapide (poliglactina 910), Catgut, Catgut Cromado, PDS (Polidioxanone) e Monocryl (poliglecaprone 25), em tempos distintos. Métodos: Foram utilizados 20 ratos da raça Wistar distribuídos em dois grupos. Todos os animais tiveram seis diferentes tipos de fios implantados aleatoriamente. No Grupo 1 a medida da força tênsil foi realizada após 30 dias de pós operatório e no Grupo 2, esta força foi medida aos 60 dias de pós operatório. Resultados: O fio Catgut cromado apresentou redução de 74.69% em sua força tênsil aos 30 dias e 83,18% em 60 dias. O Catgut apresentou redução de 77.97% em 30 dias e 90.52% em 60 dias. O Monocryl apresentou redução de 68,18% em sua força tênsil em 30 dias e 92,98% em 60 dias. O PDS incolor apresentou redução de 59,21% em 30 dias e 45,70% em 60 dias. O Vicryl incolor apresentou redução de 68,06% em sua força tênsil aos 30 dias e 88,09% aos 60 dias e o Vicryl Rapide apresentou uma redução de 82,66% em sua força tênsil aos 30 dias e em 60 dias não foi encontrado fio devido sua absorção. Conclusão: Todos os materiais estudados demonstraram diferenças em suas forças tênseis aos 30 dias àqueles informados pelas industrias no mesmo período.

Leia mais