Seção do residente

Boletim 166 / Seção do residente

MONOGRAFIA: Incidência de Estigmas e Sequelas do Face-Lifting

Leia mais
Boletim 165 / Seção do residente

MONOGRAFIA: Avaliação da qualidade de vida relacionada à doença e a conduta cirúrgica em pacientes portadores de Neurofibromatose tipo 1, operados no Instituto Ivo Pitanguy Autor(es): Fabricio Mattedi R

A NF1 é uma doença genética relativamente freqüente, descrita há cerca de 230 anos, que leva seus portadores a uma limitação na qualidade de vida e no convívio social. Tivemos como idéia inicial avaliar os pacientes operados na 38ª Enfermaria de Santa Casa e Clínica Ivo Pitanguy no período de 2006 a 2010, principalmente nos quesitos qualidade de vida relacionada à doença e encaixa-los no questionário DQLI da Universidade do País de Gales. Os prontuários foram analisados em busca de dados relacionados à conduta cirúrgica empregada nos pacientes e recidivas da doença apurando tanto o valor médio das respostas como também o valor por área de impacto. Avaliamos também as cirurgias de acordo com a indicação e a presença de recidiva tumoral. Concluímos que o impacto da NF1 na qualidade de vida, relacionada à doença, nos pacientes analisados é um fator importante, inclusive na indicação da cirurgia. A conduta adotada pelo serviço permanece como consenso nos trabalhos analisados. A recidiva tumoral é a principal causa de reoperação nestes pacientes, com a ressalva de que é difícil avaliar uma recidiva verdadeira, seguida por deformidades secundárias.

Monografia apresentada em 2010 por Fabricio Mattedi Regiani, sob orientação do Dr. Allan Bernacchi, como requisito parcial para obtenção da nota final no curso de pós-graduação em cirurgia plástica do Instituto Ivo Pitanguy – 38a Enfermaria da Santa Casa de Misericórida do Rio de Janeiro.

Leia mais
Boletim 164 / Seção do residente

MONOGRAFIA: Simetrização da face paralisada – revisão bibliográfica e apresentação das técnicas instituídas no Instituto Ivo Pitanguy

A comunicação é ponto fundamental para o ser humano. Disfunções do nervo facial (VII par craniano), responsável pela inervação dos músculos da mímica facial, causam importante impacto negativo na qualidade de vida de seus portadores, estigmatizando e limitando-os socialmente. Ao longo dos anos, diversos procedimentos com o propósito de amenizar as anormalidades relacionadas à paralisia facial foram descritos. No arsenal cirúrgico, o grande número de operações disponíveis sugere que não há ainda tratamento universal, devendo-se individualizar cada caso. Neste trabalho, foi realizada uma revisão bibliográfica das principais téc-nicas descritas para o tratamento da paralisia facial, em suas diferentes fases, seguida da exposição da abordagem instituída na 38ª Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro (Instituto Ivo Pitanguy) e na clínica privada do orientador do trabalho, para simetrização da face paralisada, em pacientes com patologia crônica. A associação do retalho antidrômico de músculo temporal, neurotizado ou não (técnica dinâmica), com o retalho dermo-adiposo nasogeniano de vetor vertical (técnica estática) se adequou bem à realidade do Serviço, apresentando bons resultados e firmando-se como alternativa interessante na terapêutica a essa patologia.

Monografia apresentada em 2013 por Leandro Ventura Barbosa, sob orientação do Dr. Leonardo Carvalho Dias, como requisito parcial para obtenção da nota final no curso de pós-graduação em cirurgia plástica do Instituto Ivo Pitanguy – 38a Enfermaria da Santa Casa de Misericórida do Rio de Janeiro.

Leia mais
Boletim 163 / Seção do residente

MONOGRAFIA: Avaliação clinica e ultrassonográfica de mastoplastias de aumento com implantes mamários revestidos em poliuretano após cinco anos

Leia mais
Boletim 162 / Seção do residente

MONOGRAFIA – Sistematização do tratamento da cicatriz queloide no serviço de cirurgia plástica da Enfermaria 38 do Hospital Geral da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Leia mais
Boletim 13 / Seção do residente

Discurso proferido pelo acadêmico Ivo Pitanguy ao tomar posse na cadeira número 67 da Academia Nacional de Medicina

Leia mais
1 2