Boletim 171

Jul/Ago 2015

Cirurgia estética da cabeça

RELEMBRANDO Lipoaspiração como procedimento ancilar à ritidoplastia

Os autores apresentam a sua experiência com lipoaspiração, como procedimento ancilar à ritidoplastia em 138 casos consecutivos submetido à lipoaspiração da região cervicofacial na Clínica Ivo Pitanguy, de setembro de 1983 a junho de 1985, além de uma análise retrospectiva de 4.316 casos submetidos à ritidoplastia no período de 1957 a 1984. Os autores tecem comentários a respeito das vantagens e desvantagens do método que está em fase de análise comparativa em relação a outros procedimentos para o tratamento das deformidades cervicofaciais utilizadas anteriormente, requerendo um follow-up mais tardio para uma conclusão definitiva. Os resultados até o presente momento têm sido bastante satisfatórios, não estando afastada a utilização de outros métodos ancilares à ritidoplastia.

Leia mais
Cirurgia reparadora

Reconstrução de orelha após amputação traumática

Leia mais
Outros

Carta ao Editor

Autor -Dr. Patricio Centurión Rivas Cirurgião Plástico Professor da Universidad Peruana de Ciencias Aplicadas Correspondencia pccenturion@gmail.com -Dr. Ronald Gamarra Garcia Cirurgião Plástico

Leia mais
Seção do residente

MONOGRAFIA Avaliação dos sinais de mobilização sistêmica de gordura e alterações metabólicas em pacientes submetidos à cirurgia de lipoaspiração.

A lipoaspiração, com o passar dos anos, se tornou procedimento endêmico em um país onde a forma foi sempre supervalorizada em referência ao conteúdo. Portando, o estudo aprofundado e claro a respeito de todas as morbidades relacionas diretamente e indiretamente a citada cirurgia é de extrema urgência. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar uma possível mobilização sistêmica de gordura entre outras complicações relacionadas ao procedimento de lipoaspiração realizado em paciente. Foram criteriosamente selecionados vinte e um pacientes provenientes do Serviço de Cirurgia Plástica da 38a Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Foram realizadas avaliações clínicas, laboratoriais e de imagem com o intuito de observar a presença de micro êmbolos de gordura na circulação periférica e em órgãos vitais como fígado, rins, pulmão e cérebro. O acompanhamento destes pacientes revelou a importante relação entre o volume lipoaspirado e o peso corpóreo com alterações clínico- hemodinâmicas. Nas avaliações realizadas por meio da Angiografia por Ressonância Magnética não foram observados sinais de embolia nos pacientes estudados. Em relação aos exames Mini mental, Creatinina, TGO e TGP em pacientes lipoaspirados em volumes de ate 5% do peso corpóreo não foram verificadas quaisquer alterações. Os resultados avaliados demonstraram que os exames dos pacientes deste estudo, submetidos a lipoaspiração não apresentaram quaisquer tipos de alterações. Monografia apresentada em 2010 por Fabio Biazzoti, sob orientação da Dra. Elizabeth Correa como requisito parcial para obtenção da nota final no curso de pós-graduação em cirurgia plástica do Instituto Ivo Pitanguy – 38a Enfermaria da Santa Casa de Misericórida do Rio de Janeiro.

Leia mais
Cirurgia estética da cabeça

Tratamento das neurofibromatoses com laser co2

As neurofibromatoses são doenças progressivas que se intensificam com o passar do tempo, tendo como principal característica clínica os neurofibromas, tumores que imiscuem-se na derme e nos tecidos profundos de seus portadores como se dedos penetrando em de luvas, impossibilitando por parte do cirurgião a definição de plano cirúrgico entre o que deve e não ser ressecado, dificultando ou impossibilitando sua ressecção através de métodos tradicionais que incluem bisturis, bisturis elétricos ou tesouras, decretando um alto índice de recidiva das lesões operadas tornando seu prognóstico desanimador. (9;10;1113). Levando em conta que as características histo-químicas dessas lesões apontam para substrato rico na molécula de água, substância predileta dos LASErs de CO2 que tem ao menos 90% da quantidade total de seus raios absorvidos pela água, passamos a usar essas máquinas como instrumento de ablação da massa tumoral, através de ação direta em cirurgia a céu aberto. Relatamos neste artigo nossa experiência de dez anos com inúmeros casos operados, sendo 16 de neurofibromas plexiformes difusos, todos sem recidiva até o momento

Leia mais